• White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • White Likendin Icon

© 2017 Mansur Murad Advogados

 

Resenha – Rethinking Prestige Branding – Secrets of the Ueber Brands de Wolfgang Schaefer e JP Kuehlwein

Rethinking Prestige Branding é um livro essencial para quem quer entender como marcas de luxo ou Ueber-Brands, como chamada no livro, se posicionam no mercado. Ueber-Brands, para os autores, são as marcas construídas em cima de grandes ideias e ideais, e expressam muito mais do que simples visões e missões, mas verdadeiros enredos.

Apesar de ser um livro de marketing, é uma leitura que vai agradar mesmo aqueles que não são da área, trazendo insights para qualquer um que tenha interesse em branding. Com maestria, Schaefer e Kuehlwein demonstram com exemplos práticos e esquemas de fácil compreensão os princípios de branding e como marcas como Hermès e Aesop os utilizam para se estabelecerem entre as marcas mais desejadas do mundo.

Dividido em capítulos de acordo com ‘os segredos’ das Ueber-Brands, eles trazem desde o modelo de negócio até a reação dos consumidores diante de cada uma das técnicas apresentadas. Além disso, dão dicas e informações de como aplicar isso em seus negócios.

O livro está disponível na Amazon Brasil no formato eBook.

 

 

Resenha – Série: Coisa Mais Linda. (Netflix)

A Netflix anunciou em maio de 2019 a segunda temporada de “Coisa mais linda”, série brasileira que se passa no estado do Rio de Janeiro na década de 1950. A série trata de assuntos ainda atuais para nossa época, como o racismo, machismo e falta de liberdade das mulheres.

As personagens da série possuem histórias e contextos diferentes, os quais se expressam por meio do figurino, obra de Verônica Julian. O figurino de cada personagem transmite o contexto da época e a personalidade de cada um. Destaca-se a moda feminina dos anos 50 ao longo da série, adequando os acessórios e roupas para cada circunstância diferente.

A série “Coisa mais linda" tem um visual estético, no qual logra transmitir por meio da moda o contexto e a vida de cada personagem de uma forma detalhista e profunda.

Resenha - The Piracy Paradox: Innovation and Intellectual Property in Fashion Design de Raustiala, Kal and Sprigman, Christopher Jon. (Virginia Law Review, Vol. 92, p. 1687, 2006; UCLA School of Law Research Paper No. 06-04. Disponível em: <https://ssrn.com/abstract=878401>).

O estudo apontado elenca de forma interessante a manutenção do ciclo da moda e a importância da pirataria nesse mercado tão específico. O ciclo da moda se manteria por meio de, principalmente, dois fenômenos: a ancoragem e a obsolescência induzida, de forma que um produto ao ser lançado, gera desejo e impulsiona vendas, da mesma maneira que a diluição do produto no mercado influenciaria na movimentação da indústria para novos lançamentos e dos consumidores em novas aquisições.

Os autores abordam a teoria do Paradoxo da Pirataria no universo fashion de forma clara e completa, não sendo um artigo cansativo e, apesar das controvérsias existentes no tema, tem importante repercussão na sociedade consumerista em que vivemos.